Barroco: o estilo que nós, mineiros, conhecemos muito bem

Quando estamos na escola sempre acontece aquela excursão para Ouro Preto e Mariana para visitarmos os museus e as igrejas de lá. Por isso, nós, mineiros, conhecemos muito bem, um estilo de arte, o Barroco. O artesão mais famoso de todos os tempos, chama-se Antônio Francisco Lisboa, mais conhecido como Aleijadinho. Para quem não sabe, Barroco, é um estilo artístico, do século XVII, que retrata seus temas com dinamismo, contrastes fortes, dramaticidade, exuberância e realismo e uma tendência ao decorativo, além de manifestar uma tensão entre o gosto pela materialidade opulenta e as demandas de uma vida espiritual.

Depois da pequena explicação (obrigada Wikipédia!), você está se perguntando aonde eu quero chegar com isso, certo? Em BH está acontecendo uma exposição sobre o Barroco e por ser fã desse tipo de arte e do Aleijadinho eu sabia que tinha que ir. A exposição se chama: Barroco Itália Brasil – Prata e Ouro e fica na recém inaugurada Casa Fiat de Cultura, localizada no antigo Palácio do Despachos, que faz parte do Circuito Cultural da Praça da Liberdade (falarei muito disso!). A CFC ficava no bairro Belvedere, junto a escola Fundação Torino e ela sempre trouxe grandes exposições para BH, então sabia que não tinha como ser ruim. Dentro do espaço, no Térreo, tem um café da Frau Bondan, marca de chocolates e guloseimas que tem lojas em Lourdes e no shopping Pátio Savassi, além de uma livraria.

20140801-095455-35695001.jpg

A exposição em si, fica no terceiro andar e não demanda muito tempo, pois são apenas 40 obras. Você deixa sua bolsa no guarda volumes e não se pode tirar fotos no local, então as fotos que vocês estão vendo aqui são da internet ok? A exposição retrata dois barrocos, um brasileiro e um italiano, divididos em dois ambientes, sendo que eu comecei pelo lado brasileiro. Primeira observação, a maioria das obras realmente eram do Aleijadinho, mas tinham outros artistas menos conhecidos, mas não menos encantadores como Mestre Valentim e Mestre Piranga, além de artistas mais atuais (e vivos!) como Maurino de Araújo . Todas as peças são ricas em detalhes, as expressões das esculturas todas impressionantes e a maioria tinha algum detalhe em ouro. Tudo lindo, mas nada que eu não tivesse visto nas cidades históricas.

20140801-095550-35750762.jpg

Passando para o lado italiano, eu fiquei impressionada. O barroco italiano é M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! Todas as esculturas, bustos etc, são feitas de prata e algumas tem detalhes em pedras precisosas. Os detalhes dos rostos, das vestes, os desenhos feitos sob a prata, deixa tudo mais rico e lindo. Muita gente não sabe, mas o Barroco nasceu na Itália, no século XVII, e, só depois, se difundiu para o restante do mundo, inclusive o Brasil. Entretanto, para ser bem sincera com vocês, eu não conhecia esculturas famosas deste estilo, muito menos em prata. Um fato interessante é que todas as peças foram feitas por ourives famosos na época, então elas são realmente muito bem feitas e bem elaboradas.

20140801-095623-35783103.jpg

No fim das contas, são duas versões de um só movimento artístico. O paralelo, da arte sacra brasileira com a italiana, mostra que os materiais são diferentes, os lugares diferentes, as épocas diferentes, mas a idéia é a mesma, o conceito é o mesmo. Isso, meus queridos, a escola não ensina.

20140801-095349-35629577.jpg

A exposição terminará dia 07 de Setembro, então aproveitem a oportunidade para verem várias peças que ficam espalhadas pelo mundo, (Ouro Preto, Rio, Napoli, etc) juntas! Fica aqui o convite para um programa diferente para o fim de semana. Quem sabe antes de ir almoçar ou sair para um cinema? Alguém já foi? Gostou, odiou…não importa, quero saber tudo!

HORÁRIO

3ª a 6ª das 10h às 21h | sábados, domingos e feriados das 14h às 21h

PREÇO

O melhor de tudo é que é GRÁTIS!

LOCAL

Praça da Liberdade, 10 – Funcionários

20140801-095746-35866655.jpg

Anúncios

Um comentário sobre “Barroco: o estilo que nós, mineiros, conhecemos muito bem

  1. Tetê disse:

    Obaaa, esse não vou ficar só na vontade e vou poder ir visitar quando chegar! Não sei se já comentei isso com vc (ou aqui no blog), mas eu só comecei a me interessar por esses movimentos com características mais reais depois que fiz uma matéria de Renascimento aqui… Gente, a quantidade de informações, pensamentos e acontecimentos históricos que tem por traz de cada pincelada, cada esculpida… É muito fantástico!

    Espero que vc esteja de braços abertos pra um programa repeteco, migs! Hahaha

    Beijos!

    Ps: tô achando os posts cada vez mais legais de ler, amando!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s