Melhores aplicativos sobre BH

A maioria de vocês, assim como eu, possuem um smartphone. Sempre estou procurando novidades sobre Belo Horizonte e um dos meios que eu encontrei foram os aplicativos sobre a cidade, e, para quem está sempre com seu celular na mão (eu sou assim, admito!), não existe melhor jeito! Para escrever para vocês baixei mais de 10 aplicativos, além dos que eu já tinha, para fazer um apanhado dos melhores. Levei em consideração a facilidade de usar, se as informações estavam completas e claras e se havia algum diferencial dos demais.

1- “Sou BH” – (Apple/Android) – Assim como o próprio site homônimo, o aplicativo mostra de maneira muito completa e fácil os eventos que estão ocorrendo ou irão ocorrer em BH, além dos melhores estabelecimentos, locais para fazer turismo e lazer, além dos filmes em cartaz nos cinemas das cidade. Esse aplicativo é um dos que vale a pena ter sempre no celular, pois acredito que ele seja o mais completo e atualizado de todos. O diferencial dele é ter tudo que queremos em um só lugar.

IMG_0495.JPG

2- Belo Horizonte: Guia Turístico (Decolar) – (Apple/Android) – O site decolar.com (quem assim como eu canta a vinheta quando lê isso?) tem aplicativos de guias de vários lugares diferentes, inclusive BH. O que mais gosto desse aplicativo é que além dos lugares sugeridos a visitar, eles contem informações importantes para o turista, como o clima, os tipos de tomadas, como ir do aeroporto a cidade e muito mais. Além disso, visando claro, beneficiar o próprio site, há uma lista com vários hotéis e seus pontos do site. Outro diferencial que eu amo é que ele permite que a pessoa adicione favoritos que estarão a mão de forma mais rápida e prática.

IMG_0498.JPG

3- Belo Horizonte Oficial – (Apple/Android) – Esse aplicativo é o oficial da cidade, de parceria da Belotur, BHTrans e da Prefeitura. O aplicativo é bem completo, mostrando pontos de interesse, agenda cultural, mobilidade e telefones de emergência. Tudo isso, sempre com informações precisas, atualizadas, com os horários de funcionamento e onde fica no mapa. Entretanto, o aplicativo tem um sério problema de misturar o português com o inglês, pois apresenta partes somente em uma das línguas, sem opção de alteração para somente uma delas, portanto quem não conhece ou não tem muita facilidade com o inglês poderá acha-lo difícil.

IMG_0494.JPG

4- Concierge Cup – Belo Horizonte – (somente Apple) – Essa série de aplicativos foram feitos pelo Ministério do Turismo para atender a demanda de estrangeiros durante a Copa do Mundo de 2014. Sendo assim, o aplicativo é todo em inglês e conta com várias informações importantes para eles, como os documentos que devem trazer, telefones e sites importantes, além do local das embaixadas. Em relação a BH propriamente dito, ele mostra um video de um minuto com imagens lindas que ilustram nossa cidade, bem como atrações, hotéis e restaurantes. No aplicativo também é possível favoritar seu lugares e fazer ser seu itinerário. O que mais gosto desse aplicativo é ver o que o Governo entende como importante de se ver em BH, o que eles gostariam que os estrangeiros visitassem. Para aqueles que tem amigos estrangeiros e querem mostrar a eles como é a cidade, esse é o aplicativo.

IMG_0496-1.JPG

5- Belo Horizonte BH Travel Guide (Nativoo) – (Apple/Android) – O meu último app do TOP5 tem que ser o da Nativoo. Outro aplicativo essencialmente em inglês, mas com roteiros em português. Esse aplicativo é uma rede social de viajantes, por isso você terá que fazer login ou entrar através de seu Facebook (o que para alguns pode ser uma chateação). O que eu acho mais legal é que você pode usar “trips” montadas por outros usuários e criar o seu próprio itinerário de uma pequena viagem (quick trip) ou uma grande viagem (full trip).

IMG_0497-0.JPG

Além desses, existem muitos outros, claro! Como se pode ver, existem muitos aplicativos legais sobre BH, que podem te ajudar a planejar seu próximo passeio, e algum com certeza irá ser do eu gosto. Espero que eu tenha ajudado vocês, viciados em tecnologia como eu! Gostaram de algum? Me contem!!!

Belo Horizonte para Crianças

Em comemoração a semana da criança, esse post falará de lugares em BH que as crianças irão amar, porque foram feitos para elas. BH está cheia de locais legais, que encantam não só os baixinhos (me senti a Xuxa agora!), mas fazem seus acompanhantes grandinhos, sejam os pais, os avós, tios, padrinhos, etc. voltarem a ser crianças!

IMG_0475-1.JPG

Museu dos Brinquedos 👾🎮🃏🎲🎯- No museu estão expostos mais de 800 brinquedos de diferentes países! Os pais irão amar, pois será como uma volta ao passado e poderão mostrar aos filhos com que eles brincavam ou qual era o sonho de consumo de sua época. O museu escolheu o tema de circo para o mês das crianças, por isso haverá palhaços, malabaristas e mais, fazendo oficinas e brincadeiras com as crianças. Mais detalhes está no site e os preços são 20 inteira e 10 meia.

IMG_0466.JPG

Espaço do Conhecimento UFMG 🌎🌞🌚⭐️🌠- Lugar perfeito para os mini-cientistas! O “museu” abriga exposições sobre a origem do universo, sobre reciclagem e formação da Terra como conhecemos atualmente. Entretanto, a parte mais legal é um planetário super moderno que fica no último andar do prédio. Nele, um astrônomo, professor da UFMG, promove uma amostra contando sobre o universo de forma explicativa e divertida. Existem diversos tipos de projeções, mas uma, em especial, é dirigida para as crianças e é super fofa e fácil de entender chamada Abc das Estrelas. A entrada custa 6 reais (inteira) e 3 reais (meia). Para ver os horários do planetário e se programar, acesse o site do espaço.

IMG_0469-0.JPG

Fazenda Vale Verde 🌷🌹🌻🌿🌾🌳- Não muito longe de BH (Betim, para ser mais exata!), a Fazenda Vale Verde oferece aos pequenos uma experiência ao ar livre. A Fazenda é projetado para preservar a fauna e flora e proporcionar um passeio super agradável e tranquilo para a família. Muitas são as atrações de lazer como passeio de charrete, visitação ao viveiro, trilha ecológica, pedalinho e tirolesa. O grande destaque é o Zoológico Vale Verde que conta com muitos bichos e uma coleção de orquídeas que perfumam e colorem o parque. Para os adultos, são oferecidas visitas ao processo de produção sustentável da cachaça Vale Verde, que ainda conta com a história dessa bebida. A Vale Verde terá várias atrações para a semana da criança e para quem se interessar, os preços e as atrações estão no site deles.

IMG_0465.JPG

Zoológico – Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte/ Aquário No Mundo das Águas 🐘🐒🐻🐯🐠🐟- Pouca gente sabe, mas o zoo de BH é um dos maiores e mais conhecidos da América Latina! Nem parece né? Ele conta com mais de 250 espécies de animais, além de um borboletário, onde se é possível aprender sobre a vida das borboletas deste a fase da lagarta. Junto com o zoo, existe um aquário, com mais de 10 tanques de água doce e mais 22 marinhos, com cerca de 150 espécies. E qual criança não gosta do fundo do mar? A decoração é toda temática, com conchas, corais, navios antigos e há o aquário aberto, onde se é possível tocar nos pepinos-do-mar e ouriços. No mês das crianças, o zoológico terá oficinas, bate papos, exposições, jogos, observação de aves, astros e estrelas e visitas noturnas ao aquário. O tema da Semana da Criança desse ano é “Filhotes na Zoo-Botânica”, homenagem aos mais de 275 filhotes de 28 espécies que nasceram por lá entre 2013 e 2014. Os preços e os horários de funcionamento, estão disponíveis no site do zoo.

IMG_0467.JPG

Parque Guanabara 🎠🎡🎢 – Para quem conhece outro parques, como o Hopi Hari, Beto Carrero e principalmente a Disney, devem estar pensando o porque do Guanabara estar aqui. Entretanto, para as crianças, isso não importa onde é, se é barato ou caro, o que importa é se divertir. O parque oferece vários tipos de brinquedos, como roda gigante, carrinho de bate-bate e o tradicional carrossel. Não tem jeito da criança não se divertir! Os horários de funcionamentos e outras informações estão disponíveis no site.

IMG_0468-0.JPG

Além dessas, existem os parques como o Parque Mangabeiras e o Parque Ecológico da Pampulha, outros museus como o Museu Giramundo (nunca fui, mas estou louca para ir!!) ou os museus de história naturais da UFMG ou PUC Minas e para os que gostam de futebol, o Mineirão com seu Museu do Futebol (quem quer ir comigo nesse?). Eu tenho certeza que todos vocês, tenham crianças ao redor ou não, irão amar esses lugares, porque eles são interessantes, super estruturados e integram a diversão com o conhecimento, e falo isso não porque li, e sim, porque já vivi todos! Ah, os shoppings também estão promovendo atividades no mês da criança! O BH está com uma oficina de Lego e o Pátio Savassi com oficinas de livros. Para meus amigos com crianças na família, espero que eu ajude vocês a trazerem felicidades aos pequenos! A todos os meus leitores, quero saber o que vocês acharam! Conhecem os lugares? Gostam? Tem outros em mente? COMENTEM!

Um lugar não muito visitado em NY!

Nova York é uma cidade multifacetada, mas isso todo mundo sabe. O que muita gente não sabe é que um dos passeios que a cidade oferece é uma visita a ONU. A sede das Nações Unidas está localizada na 1st Avenue com 46th Street e a visita é acompanhada por um guia especializado. A ONU oferece guias que falam em diferentes idiomas, inclusive o português, mas para isso é necessário o agendamento da visita. Se você falar inglês e não se importar de receber as explicações no idioma, não é necessário o agendamento, pois terá sempre um guia para te acompanhar, saindo de hora em hora.

IMG_0461.PNG

As Nações Unidas foi fundada, inicialmente, por 51 países, em 1945, fim da Segunda Guerra Mundial. Atualmente, são mais de 180 membros, que têm como objetivos: preservar a paz mundial, promover a auto-determinação dos povos e o bem-estar social no mundo. Infelizmente, sabemos que isso está longe de se concretizar, mas não estou aqui julgando se a ONU está desempenhando bem ou mal suas metas e sim falando da visita à sua sede. Alguém aí sabe porque Nova York foi escolhida? Eu sei! John D. Rockefeller Jr. doou 8,5 milhões de dólares (isso mesmo… pouquinho né?) para a compra do terreno que tem aproximadamente sete hectares e está a beira do rio East. Também foi um americano, Wallace Harrison, que teve a missão de ser o arquiteto-chefe da obra, acompanhado de uma equipe de consultores internacionais.

IMG_0463.JPG

O terreno não é território dos EUA, ele é uma zona internacional, com selos e correio próprios. O complexo da ONU é bem grande e de início, ainda do lado de fora você já irá sentir que está chegando em um lugar importante, porque TODAS as bandeiras dos países-membros estão hasteadas diante dele. Nos jardins e dentro dos prédios se encontram muitas obras de arte, esculturas e quadros, que foram doadas à ONU ou pelo próprio artista ou por algum país-membro. Todas a obras tem relação com as funções da ONU, principalmente a paz, como “Sino da Paz” doado pelo Japão ou a “Não-Violência” doada por Luxemburgo. A Brasil se faz presente em grande estilo, com os quadros enormes de Portinari, Guerra e Paz, que nos últimos anos foram retirados de lá e expostos pelo Brasil a fora, inclusive BH (na reinauguração do Cine Teatro Brasil, eu fui, alguém mais foi?) e em Paris. Entretanto, ele já retornou ao seu lugar de origem e poderá ser visto pelo mundo inteiro!

IMG_0462.JPG

O ponto alto das visitas são as entradas em diversas câmaras e no Salão da Assembléia Geral e no Conselho de Segurança. A Assembléia Geral é o órgão que todos os países-membros participam de votações, com um voto simples. Os temas são os mais variados possíveis, mas sempre em relação ao bem-estar mundial. Além disso, a Assembléia designa o secretário-geral, aprova orçamentos,elege os membros não-permanentes dos conselho e em conjunto com o Conselho de Segurança, nomeia os juízes que integram a Corte Internacional de Justiça, com sede em Haia, na Holanda. Já o Conselho de Segurança, órgão mais poderoso da ONU, tem por objetivo garantir a paz e a segurança internacionais, intervindo em países em crise nas diversas partes do mundo. Ele é composto por cinco membros fixos (China, França, Reino Unido, Russia e EUA) e outros membros eleitos com mandados de dois anos, as suas sessões são permanentes e as decisões são obrigatórias por todos os países-membros.

IMG_0464.JPG

Eu sei que é um passeio não muito conhecido, mas eu amei e indico para todo mundo. Durante a visita, o guia faz um apanhado de informações importantes, como onde a ONU está atuando, se está dando certo ou não, onde e como podemos ajudar. Para quem está indo a NY, não deixe de ir, vocês não irão se decepcionar! Alguém já foi? Gostaram da sugestão? Iriam nesse tipo de programa? Me contem tudo!

Informações Práticas

Site da ONUhttp://visit.un.org/content/plan-your-visit

Horário : Segunda a Sexta, das 9h15 às 16h15 (Não há tours guiados aos fins de semana e nos dias em que houver reuniões de Chefes de Estado ou Delegações – por isso verificar o calendário no site!)

Preços: Adultos – 18 dólares; Idosos (acima de 60 anos) e estudantes – 11 dólares; Crianças (5 a 12 anos) – 9 dólares.