Porque existe muita comida boa no mundo…

Quando eu viajo, eu gosto de ir estudada sobre o lugar no qual eu estou indo, inclusive sobre a comida típica do local. Quem não ama uma boa comida? Eu, particularmente, adoro sentar em um lugar e aproveitar uma boa refeição. Por isso, separei alguns países, nos quais visitei e amei a comida, para comentar. Além disso, vou comentar onde encontrar as delícias aqui mesmo em BH e as comparando com as originais.

Argentina

Podemos ter nossas desavenças com nossos hermanos, mas temos que admitir que eles tem uma culinária incrível! Um país que tem como comida tradicional, o churrasco, as empanadas, o dulce de leche, o alfajor não há como não amar, nem que seja um pouquinho. Quem for a Buenos Aires e quiser comer um bom churrasco, indico o Restaurante Siga La Vaca, é rodízio e o preço é ótimo, até porque nossa moeda é valorizada que a deles. Em relação as empanadas, eu não tenho um local específico, todos são bons. O dulce de leche e o alfajor também são encontrados em qualquer lugar, restaurantes ou supermercados. Aqui em BH, churrascarias não faltam, mas tem um local que está sendo super comentado chamado Parrilla Los Hermanitos, no São Pedro. Não conheço, mas ouvi dizer maravilhas! Em relação as Empanadas, gosto muito do Ayres Empanadas Argentinas, no Sion e a Pizza Sur, no Cruzeiro ou em Lourdes, todos muito bons!

IMG_0357.JPG

França

A comida francesa está tão presente em nosso dia a dia que muitas vezes nem percebemos que é típico de outro país. Quem não ama um bom croissant, suflê ou crepe? Entretanto, os meus favoritos são os doces, e como os franceses são bons nisso! Mil Folhas, Crème Brûlée, Macarons e Profiteroles são apenas alguns exemplos. O restaurante francês mais famoso em BH é Taste Vin, no Lourdes, com seus famosos suflês. Outro famoso, que eu fui com o Victor e amamos, é Mes Amis, também no Lourdes. Um novo, que eu nao conheço, mas estou louca para ir é o Au Bon Vivant, no Cruzeiro. O Ah! Bon também oferece boas opções de lanches e doces, mas a qualidade lá está oscilando muito (os macarons de lá são bem gostosos, mas nem chegam aos pés de Laudurée, mas isso só em SP ou na Europa! #triste).

IMG_0352.JPG

Bélgica

A Bélgica foi um dos lugares que mais me surpreenderam positivamente e a comida não foi diferente. Vocês devem estar pensando: o que tem na Bélgica de tão gostoso? O chocolate (#godiva) e as cervejas a maioria de vocês já ouviram falar, mas poucos sabem que os Waffles e a batata-frita são originários de lá. Quem for a Brugges não deixe de comer a batata-frita no carrinho que fica Grote Markt (praça principal da cidade, não tem erro!), que é considerada a melhor do mundo. Já os waffles, em Bruxelas tem uma loja a cada esquina, todas ótimas! Outra coisa que eu amei foi a “Flamish Meat”, um lagarto com um molho de cerveja preta, que comemos em Brugges, em um restaurante em frente ao Belfort, também no Markt, quem quiser fazer em casa, a receita está aqui. Não conheço nenhuma casa especializada em comida belga aqui em BH, infelizmente, porque eu ia ser frequentadora assídua! Entretanto, mesmo não sendo específicos, as batatas fritas do Duke’n’Duke são deliciosas e comi Waffles bem gostosos na Alessa Gelato.

IMG_0355.JPG

Itália

Quando se pensa em comida, pensa em comida italiana, certo? Pizza, Carpaccio, Lasanha, Gnocchi, Bruschetta, Spaghetti (apesar da sua origem ser obscura, uns falam que é chinês, outros árabe, outros italianos, a massa obteve a fama na Itália!), Risoto e de sobremesa o Gelatto. Da Itália, eu só conheço duas cidades, Milão e Verona (Romeu e Julieta, amor eterno!), mas já deu para perceber que quando se trata de comida, os italianos não brincam em serviço. Em Milão, existe um prato tradicional na cidade, chamado Risoto com Ossobuco, que é simplesmente incrível. Ele está presente na maioria dos cardápios, mas o original (e o que eu comi!) é o do Restaurante Savini, dentro da Galleria Vittorio Emanuele. Em BH, a Casa de Música (ex-Risoteria Sorriso!), no Lourdes, é especialista em risoto, e eu A-M-O! Em termos de Pizza, eu amo o Olegário, também em Lourdes, mas também são gostosas as do 68 Pizzaria, da Marília Pizzeria, todas em Lourdes. Os legítimos italianos mais famosos são: o Província Di Salerno , Maurizio Gallo e o Villa Roberti, mas não conheço nenhum, alguém indica?

IMG_0356-0.JPG

Esse post foi só o primeiro da série de comidas típicas, vocês gostaram? Ainda há muitos países para escrever sobre! Espero que tenham ficado com água na boca. Já foram em alguns desses restaurantes aqui em BH? Me indicam outros? Comentem!

Anúncios

5 comentários sobre “Porque existe muita comida boa no mundo…

  1. Obrigada por compartilhar conosco suas experiência sobre a boa comida. Realmente é muito confortante quando viajamos saber onde podemos comer uma comida digna e saborear cada bocado. Afinal, como você mesma falou, estamos tão acostumados com a gastronomia francesa que nem percebemos a influência no nosso dia a dia, mas, em cada lugar ela sofre as influências dos costumes e das especiarias, que são bem diferentes e, as vezes até substituídas, deixando a receita sempre com uma finalização diferente. https://mariamestrecuca.wordpress.com/ Abs, Maria Sônia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s